Tele-Vendas: (11) 5507-4746 / 5506-5825  
Flores é na Floresnaweb Cestas Floricultura Confira Ofertas Especiais
Home | Quem Somos | Contato | MOBILE | Minha Conta
Flores é na Floresnaweb Cestas Floricultura Confira Ofertas Especiais

English Version » English Version



» Categorias «

Arranjos
Bichos de Pelúcia
Bouquets de Balões
Bouquets de Flores
Cestas
Cestas de Café
Cestas de Flores
Cestas de Natal
Condolências
Dia das Bruxas Halloween
Flores
Flores de HOLAMBRA
Flores Dia das Mães
Flores Dia dos Namorados
Orquídeas
Presentes de Casamento
Presentes de Páscoa
Presentes Dia das Crianças
Presentes Dia dos Pais
Presentes Especiais
Uma surpresa adicional
Vasos Plantados
Entregas Internacionais



» Pesquisa Rápida «




Qual a Ocasião?






Cadastre-se
Inform. sobre entregas
Cartões Virtuais
Vídeos
Dicionário de Flores
Política de Privacidade



» Dicionário de flores Outras flores: 

Saco-de-velho


SACO-DE-VELHO

Nome científico: Asclepias physocarpa.

Família: Asclepiadaceae.

Nomes populares: paina-de-seda, paineirinha, paina-de-santa-bárbara, flor-borboleta.

Etimologia: Asclepias é homenagem ao deus grego da cura, Asklepios.

Origem: África do Sul.

Características gerais: arbusto perene, piloso e de porte herbáceo. Mede de 1 a 2 m de altura e apresenta folhas estreitas e coriáceas. As inflorescências são curtas, infra-axilares, com flores brancas formadas na primavera-verão. O fruto é inflado e esférico, de coloração verde-amarelado e com superfície pilosa. Apresenta pouca importância decorativa. A folhagem é bastante ramificada, macia e seus ramos liberam seiva leitosa quando cortados.

Condições de cultivo: devem ser cultivado a pleno sol, em solo fértil enriquecido com matéria orgânica, e recebendo regas regulares. Essa espécie é tolerante a baixas temperaturas.

Propagação: sementes.

Usos: como planta isolada, em grupos, maciços ou renques. A haste cortada é bastante utilizada na confecção de arranjos florais.

Curiosidades: os frutos inflados parecem balões, com cerdas na superfície. Inicialmente são de coloração verde e gradualmente torna-se amarelada e avermelhada. Quando maduros, apresentam paina sedosa e sementes em seu interior.

Engenheira Agrônoma, MSc. Márcia de Nazaré Oliveira Ribeiro

Engenheira Agrônoma, DSc. Patrícia Duarte de Oliveira Paiva



Floresnaweb.com - Todos os direitos reservados. ® 2014.
Telefone: (11) 5507-4746 / 5506-5825 - Fax: 11 5506-9958