Tele-Vendas: (11) 5507-4746 / 5506-5825  
Flores é na Floresnaweb Cestas Floricultura Confira Ofertas Especiais
Home | Quem Somos | Contato | MOBILE | Minha Conta
Flores é na Floresnaweb Cestas Floricultura Confira Ofertas Especiais

English Version » English Version



» Categorias «

Arranjos
Bichos de Pelúcia
Bouquets de Balões
Bouquets de Flores
Cestas
Cestas de Café
Cestas de Flores
Cestas de Natal
Condolências
Dia das Bruxas Halloween
Flores
Flores de HOLAMBRA
Flores Dia das Mães
Flores Dia dos Namorados
Orquídeas
Presentes de Casamento
Presentes de Páscoa
Presentes Dia das Crianças
Presentes Dia dos Pais
Presentes Especiais
Uma surpresa adicional
Vasos Plantados
Entregas Internacionais



» Pesquisa Rápida «




Qual a Ocasião?






Cadastre-se
Inform. sobre entregas
Cartões Virtuais
Vídeos
Dicionário de Flores
Política de Privacidade



» Dicionário de flores Outras flores: 

Falsa-Érica


FALSA-ÉRICA

Nome científico: Cuphea gracilis.

Família: Lyrthaceae.

Nomes populares: falsa-érica, érica, cuféia, cúfea.

Etimologia: Cuphea deriva da palavra grega kuphos - giba, devido à base gibosa do cálice.

Origem: Brasil.

Características gerais: planta herbácea perene, apresenta porte ereto e é bastante florífera, atingindo de 20 a 30 cm de altura. As folhas são lanceoladas e pequenas, verdes e permanentes. As flores são pequenas, formadas durante o ano todo, e possuem coloração lilás ou branca, tornando-se rosa-claro com o tempo.

Condições de cultivo: devem ser cultivadas a pleno sol ou meia sombra, em solos enriquecidos com matéria orgânica, bem drenados e recebendo irrigação frequente. Não resiste bem a podas e não tolera o frio.

Propagação: sementes e estacas.

Usos: jardineiras, bordaduras, forrações ou formando canteiros. É também indicada para plantio entre pedras.

Curiosidades: muitas plantas do gênero Cuphea são conhecidas como ‘sete-sangrias’, numa alusão de que um tratamento com as plantas equivale ao resultado obtido por sete sangrias - tratamento comum usado no passado.

A espécie Cuphea balsamona é indicada para a cura de febres intermitentes e disenterias. Atualmente existe muito interesse em estudar plantas deste gênero, devido à sua capacidade em produzir ácidos graxos saturados de cadeias médias e curtas, que são armazenados nas sementes em combinação com glicerol, com possibilidades de uso em lubrificantes sintéticos e plastificantes.

Significados: suas flores significam ‘carinho e proteção’.

Engenheira Agrônoma, MSc. Márcia de Nazaré Oliveira Ribeiro

Engenheira Agrônoma, DSc. Patrícia Duarte de Oliveira Paiva



Floresnaweb.com - Todos os direitos reservados. ® 2014.
Telefone: (11) 5507-4746 / 5506-5825 - Fax: 11 5506-9958